Fotografia imobiliária: 6 dicas para tirar fotos incríveis de seus imóveis

porGilberto Britto

Fotografia imobiliária: 6 dicas para tirar fotos incríveis de seus imóveis

Uma imagem vale mais do que mil palavras. Essa máxima também funciona para a venda e para o aluguel de imóveis. Mais do que explicar sobre a qualidade do imóvel é importante que o corretor tenha boas fotos, imagens que transmitam todos os adjetivos já listados pelo profissional ao cliente.

As fotos são uma ferramenta indispensável ao trabalho do corretor. Uma pesquisa realizada pela Dominion University, dos Estados Unidos, mostrou que, ao analisar catálogos, as pessoas passam 60% do tempo observando as imagens, enquanto gastam 20% vendo os dados técnicos e outros 20% lendo os textos de descrição.

E não é para menos. As fotos normalmente são o primeiro contato do cliente com o imóvel e tem a função de expressar sentidos e ideias. Por exemplo, por meio da imagem é possível transmitir se é uma casa com boa iluminação, se a sala é aconchegante, se os quartos são espaçosos, entre outras coisas. Para te ajudar nessa tarefa, listamos algumas dicas de como tirar fotografias incríveis e que te ajudarão a vender mais. Confira:

  1. Esteja amparado por bons equipamentos: Tenha em mãos, se possível, uma câmera com uma lente grande angular, um flash e um tripé. Há boas câmeras no mercado com uma ampla variação de preços. Considere a compra dos equipamentos como um investimento a longo prazo.
  2. Faça um bom enquadramento: A visão que o cliente terá sobre o imóvel está diretamente relacionado a escolha do enquadramento e da perspectiva do profissional que fizer a foto. Por isso é importante caprichar. O ideal é que a visão e a perspectiva da imagem estejam alinhadas sem linhas convergentes que possam causar deformações na visão. Se for preciso, tome mais distância para conseguir essa perspectiva.
  3. Prepare a luz do ambiente: Seja com flash ou luz solar, a base da fotografia é a iluminação. Por isso, é primordial que você deixe o ambiente bem iluminado de forma que ele transmita a ideia que você espera passar para o cliente. O imóvel pode até ser adequado para aquela família, porém se eles não conseguirem perceber isso através da imagem, pode ser que a casa passe despercebida e que ela nem chegue a receber uma visita.
  4. Componha o ambiente de forma adequada: A composição do ambiente é outro ponto fundamental. Se a cada estiver mobiliada, o profissional deve ficar atento em como os objetos estão dispostos. A sensação de desorganização do ambiente pode chamar a atenção do cliente mais do que a própria casa. Graças a tecnologia é possível checar como ficou a foto logo depois de bater. Aproveite! Assim que fotografar, confira se a imagem conseguiu passar a mensagem que você gostaria que ela passasse.

Seguindo as dicas acima você poderá melhorar ainda mais o seu desempenho nas vendas e no aluguel de imóveis. Se preferir, a Britto Consultoria & Negócios tem sempre novos cursos para te ajudar a se tornar um profissional ainda mais capacitado. Confira!

Saudações,

Sobre o Autor

Gilberto Britto administrator

Gilberto Britto tem 50 anos, natural de Belo Horizonte, Bacharel em Ciência da Computação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais,  Pós-Graduado em Análise de Negócios e da Informação pelo Instituto de Educação Tecnológica de Minas Gerais, Mestre em Filosofia e Literária e Doutor em Filosofia e Psicologia pela Emill Brunner University e Association American World Universities and Colleges – AAWUC, Técnico em Transações Imobiliárias – TTI pelo Instituto Arnaldo Prieto do Rio de Janeiro, Avaliador e Perito Imobiliário e Ambiental pela Unimóveis de Minas Gerais, Certified International Property Specialist – CIPS pela National Association of RealtorsPersonal & Professional Coaching e Certified Executive Coaching pela Sociedade Brasileira de CoachingInstitute of Coaching Research, Association for Coaching Sherpa Executive CoachingProfessional Coaching Practitioner pela ABRACOACHINGAssessment Alfa pela Worth Ethic Corporation, Correspondente e Geric Caixa. Procura estar sempre atualizado no âmbito da gestão empresarial, imobiliária, engenharia e tendências de mercado, através da participação em cursos de formação, seminários e palestras.