Site Loader

Ser isento na intermediação imobiliária é papel do corretor de imóveis. Saiba a melhor forma de se relacionar com o comprador e com o proprietário.

Durante uma intermediação imobiliária o papel do corretor vai além da conquista de mais uma comissão. Ele deve realizar uma negociação de forma neutra, encontrando para o comprador um imóvel dentro de suas condições e perspectivas, além de buscar as melhores possibilidades para o proprietário.

Se relacionar tanto com o comprador como com o proprietário é um desafio que merece atenção por parte do corretor para que ele consiga prestar um bom atendimento para seus dois clientes. Confira algumas dicas:

Preste um atendimento humanizado

Quando precisa-se de um imóvel para morar, uma pessoa busca um corretor no intuito de receber um atendimento personalizado que seja capaz de acelerar etapas e obter orientação segura durante todo o processo de compra.

Por outro lado, um proprietário que deseja vender uma propriedade procura um corretor também por segurança, mas principalmente por confiar em sua capacidade de negociação e da quantidade de clientes que seu histórico profissional é capaz de atrair.

Em ambos os casos, os clientes esperam um atendimento humanizado, onde eles possam ver suas perspectivas atendidas e suas interações respondidas em tempo hábil, para que seja possível as negociações avançarem ou não.

Não deixe de enviar propostas, de solicitar a avaliação do proprietário e de buscar condições favoráveis para ambos os lados. Um dos fatores que mais abala a credibilidade de corretores em sua capacidade de negociação é a falta de feedback para seus clientes. Não tome este caminho para ser um profissional de confiança.

Demonstre interesse pela intermediação

Um dos maiores receios de corretores de imóveis é de que compradores e proprietários entrem em contato, fato que pode gerar um negocio direto, sem a participação do intermediador. É este também um dos motivos pelos quais a localização é excluída nos anúncios imobiliários.

É claro que existem pessoas que desejam economizar o valor da comissão ou possuir um maior poder de barganha para comprar um imóvel. Mas o maior motivo pelo qual compradores e proprietários se aproximam é pela falta de agilidade no atendimento do corretor de imóveis.

Para evitar este incômodo, demonstre interesse pela intermediação. Por mais que ela esteja complicada. Se a proposta do comprador é fora da realidade, ofereça dados comparativos de outros negócios na região. Traga-o para a realidade, mas de uma maneira gentil e honesta.

Ao proprietário, não apresente apenas propostas, mas também relatórios de leads, de visitas, agendamento. Mantenha contato com ele constantemente. É no silêncio do corretor que os proprietários buscam outras empresas para vender seu imóvel ou ele mesmo encontra meios de fazer isso.

Atue de maneira neutra entre seus clientes

Por mais que você tenha bom relacionamentos com o comprador ou com o proprietário do imóvel, durante a intermediação o corretor deve tomar uma atitude neutra, sem tomar partido para um ou outro.

Respeitar os desejos de uma família de morar em um novo lar, da maneira com que sempre sonharam deve estar acima de qualquer desejo de comissão. Ter um leque de imóveis que possa atender a este cliente, deve ser um diferencial considerado tanto por compradores como por proprietários.

A atuação isenta do corretor de imóveis é uma postura que independe do tempo que ele tem de profissão. Ele deve entender a sua importância na realização de uma intermediação imobiliária assegurando um bom negócio para ambos os lados, conquistando assim, sua justa comissão.

Post Author: Gilberto Britto

Mais de 25 anos de experiência no mercado imobiliário, corretor, Avaliador e Perito Forense Imobiliário e Ambiental, Imortal e Embaixador da Academia de Letras do Brasil, Bacharel em Ciência da Computação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Pós-Graduado em Análise de Negócios e da Informação pelo Instituto de Educação Tecnológica de Minas Gerais, Mestre em Filosofia e Literária e Doutor em Filosofia e Psicologia pela Emill Brunner University e Association American World Universities and Colleges – AAWUC, Técnico em Transações Imobiliárias (TTI) pelo Instituto Arnaldo Prieto do Rio de Janeiro, Avaliador e Perito Imobiliário e Ambiental pela Unimóveis de Minas Gerais, Certified International Property Specialist pela National Association of Realtors, Personal & Professional Coaching e Certified Executive Coaching pela Sociedade Brasileira de Coaching, Professional Coaching Practitioner pela ABRACOACHING, Assessment Alfa pela Worth Ethic Corporation, sólida carreira marcada em empresas de porte, palestrante, coach. Atualmente é Diretor do Grupo Britto, Conselheiro e Membro da Comissão de Ética e Fiscalização Profissional do CRECI/MG, Consultor e Professor em instituições de ensino superior, Agente de Propriedade Industrial do INPI, Membro e Professor da CMI/SECOVI-MG e SINDUSCON-MG, Membro do Comitê Brasileiro e Organismo de Normalização Setorial da ABNT (Construção Civil, Informação e Documentação), Membro da International Coach Federation. Foi agraciado pelo Centro Nacional de Formação Superior Ibero-Americano e pela Academia de Letras do Brasil com o Grau Honorífico de Catedrático em Avaliação e Perícia de Imóveis e também Tópicos Especiais de Engenharia. O Business Model o agraciou com a premiação de Pioneirismo no Uso da Informática. Ministra cursos nas áreas de gestão empresarial, engenharia, avaliação e perícia imobiliária e ambiental, real estate e coaching.