Site Loader
[google-translator]

Existem diferenças entre as imóveis residenciais e a forma como foram pensados. Há diversos tipos de propriedades residenciais no Brasil e cada uma delas tem o seu estilo, pensados a fim de atender a uma necessidade especifica. A principal divisão entre as residências para morar – diferente dos empreendimentos comerciais – são: casa ou apartamento.

 

Na hora de escolher seu imóvel e investir seu dinheiro, é essencial que se conheça todos os tipos de unidades e imóveis para saber qual o tipo de construção que melhor atende às suas necessidades e possibilidades.

 

Dentro da divisão de casas e apartamentos, há subdivisões que costumam ser classificadas de acordo com o tipo de construção, detalhes da planta e categoria da propriedade. Separamos 8 tipos de imóveis residenciais e suas diferenças. Confira a seguir e escolha qual o melhor imóvel para você chamar de seu:

 

1 – Casa Geminada

Casas geminadas são propriedades ligadas umas às outras, onde o espaço total do terreno é dividido de forma igual proporcionalmente. Possuem a mesma estrutura visual e dividem o mesmo telhado. Esse tipo de construção é mais comum em condomínios de casas.

 

2 – Sobrado

O termo sobrado classifica toda e qualquer casa caracterizada por dois ou mais andares, sejam elas residenciais ou comerciais.

 

3 – Bangalô

Os bangalôs são casas térreas, de apenas um piso, e que podem ter uma pequena varanda. Esse tipo de construção é bastante comum na América do Norte.

 

4 – Edícula

Edículas são casas pequenas localizadas no fundo de um terreno. Geralmente possuem apenas um dormitório, sala, banheiro e cozinha. Podem também contar com uma garagem e área externa de serviço.

 

5 – Loft

Lofts são casas sem divisórias entre os cômodos e tem inspiração nos galpões e armazéns americanos dos anos 70, na época reformados para servir como moradia a artistas, executivos, profissionais liberais e publicitários. Esse tipo de construção não possui divisões verticais ou horizontais entre os ambientes e é enxergado até hoje como sinônimo de inovação.

 

6 – Apartamento

Os apartamentos são unidades onde vivem uma porção de famílias em residências separadas. Podem conter 1, 2, 3 ou mais dormitórios (com ou sem suíte), banheiro, cozinha e não obrigatoriamente, vagas de garagem. O conjunto de apartamentos forma o prédio que é gerenciado por um síndico, para quem os moradores devem pagar o condomínio. O síndico é responsável pelas reformas, obras e demais despesas, além do pagamento de funcionários que trabalham no prédio fazendo a manutenção das áreas de lazer, se existirem, por exemplo.

 

7 – Kitnet

Kitnets são pequenos apartamentos, chamados atualmente também de studios. Os studios possuem apenas 2 cômodos, um quarto-sala-cozinha e mais um banheiro. Por terem espaço reduzido e pouco amplo, esse tipo de construção tem valor inferior e tem sido uma opção comum nas grandes cidades, onde muitos optam morar para facilitar a ida ao trabalho.

 

8 – Flat

Flats são apartamentos residenciais que dispõem de serviços de comodidade, muitas vezes similares à um hotel. Ainda que sejam parecidos, as taxas são menores e não há formalidades características de um. Os flats podem ser utilizados como moradia ou planejados como investimento para o proprietário.

Autor do Post: Gilberto Britto

Mais de 25 anos de experiência no mercado imobiliário, corretor, administrador, Avaliador e Perito Forense Imobiliário e Ambiental, Imortal e Embaixador da Academia de Letras do Brasil, Bacharel em Ciência da Computação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Pós-Graduado em Análise de Negócios e da Informação pelo Instituto de Educação Tecnológica de Minas Gerais, Mestre em Filosofia e Literária e Doutor em Filosofia e Psicologia pela Emill Brunner University e Association American World Universities and Colleges – AAWUC, Técnico em Transações Imobiliárias (TTI) pelo Instituto Arnaldo Prieto do Rio de Janeiro, Avaliador e Perito Imobiliário e Ambiental pela Unimóveis de Minas Gerais, Certified International Property Specialist pela National Association of Realtors, Personal & Professional Coaching e Certified Executive Coaching pela Sociedade Brasileira de Coaching, Professional Coaching Practitioner pela ABRACOACHING, Assessment Alfa pela Worth Ethic Corporation, sólida carreira marcada em empresas de porte, palestrante, coach. Atualmente é Diretor do Grupo Britto, Conselheiro e Membro da Comissão de Ética e Fiscalização Profissional do CRECI/MG, Consultor e Professor em instituições de ensino superior, Agente de Propriedade Industrial do INPI, Membro e Professor da CMI/SECOVI-MG e SINDUSCON-MG, Membro do Comitê Brasileiro e Organismo de Normalização Setorial da ABNT (Construção Civil, Informação e Documentação), Membro da International Coach Federation. Foi agraciado pelo Centro Nacional de Formação Superior Ibero-Americano e pela Academia de Letras do Brasil com o Grau Honorífico de Catedrático em Avaliação e Perícia de Imóveis e também Tópicos Especiais de Engenharia. Ministra cursos nas áreas de gestão empresarial, construção civil, engenharia, avaliação e perícia imobiliária e ambiental, real estate e coaching.