Site Loader

Educação, como quase todas as outras áreas da nossa sociedade tem evoluído a passos largos nos últimos anos. As técnicas de ensino tradicionais, baseadas no processo em que o professor explica e os alunos tomam notas, estão defasadas. O processo de educação hoje em dia gira em torno de incentivar os alunos a despertar a sua curiosidade e o desejo de aprender. Seguindo essa tendência, surgiram novas técnicas de ensino e todas aliadas ao uso das novas tecnologias:

 

Sala de Aula Invertida: Esta técnica envolve basicamente ensinar os alunos a estudar e preparar-se para a aula, antes da aula. Dessa forma, a aula torna-se muito mais dinâmica e é possível criar um ambiente para o aprofundamento de conteúdos específicos. Como os alunos vêm de casa com conhecimento prévio da matéria, em sala de aula o professor pode aprofundar o conteúdo respondendo perguntas e criando dinâmicas para despertar a participação dos alunos em sala.

 

Design Thinking: Esta é uma técnica de ensino baseada na utilização de casos reais que são solucionados por meio de um grupo de análise, brainstorming, inovação e ideias criativas. Esse método  prepara os alunos para o mundo real e desperta sua curiosidade, capacidade analítica e criatividade. Esta técnica é frequentemente usada em MBA ou mestrado para analisar casos reais vividos por empresas no passado.

 

Auto-aprendizagem: A curiosidade é o principal motor da aprendizagem. Para evitar a decoreba, ou a memorização de conteúdo antes das provas – que são esquecidos em seguida – a chave é fazer com que os alunos se concentrem na área que lhes interessa para explorar e aprender mais e melhor sobre ele.

 

Para melhor aplicar esta técnica de ensino, os Mapas Mentais são o perfeito ponto de partida. Com eles, o professor pode iniciar um processo de pensamento, digitar uma palavra no tópico central de um mapa ou propor um tema e deixar os alunos desenvolverem suas próprias ideias a partir dele. Por exemplo, se o foco é o corpo humano, alguns podem criar mapas mentais sobre Sistemas, outros sobre ossos ou doenças que afetam o corpo humano. Mais tarde, os alunos serão avaliados de acordo com os mapas mentais que criaram e podem colaborar uns com os outros a melhorar sua aprendizagem sobre a disciplina.

 

Jogos: Aprendendo através da utilização de jogos é um método que já foi explorado por alguns professores, principalmente no ensino fundamental e pré-escolar. Usando jogos, os alunos aprendem sem perceber. O fato é que, aprender através da brincadeira é uma técnica de aprendizagem que pode ser eficaz em qualquer idade, sendo também útil para manter o aluno motivado.

 

Mídias Sociais: Rede sociais agora também é local de aprendizado, seja por meio de grupos ou do compartilhamento de informação e dicas.

Autor do Post: Gilberto Britto

Mais de 25 anos de experiência no mercado imobiliário, corretor, administrador, Avaliador e Perito Forense Imobiliário e Ambiental, Imortal e Embaixador da Academia de Letras do Brasil, Bacharel em Ciência da Computação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Pós-Graduado em Análise de Negócios e da Informação pelo Instituto de Educação Tecnológica de Minas Gerais, Mestre em Filosofia e Literária e Doutor em Filosofia e Psicologia pela Emill Brunner University e Association American World Universities and Colleges – AAWUC, Técnico em Transações Imobiliárias (TTI) pelo Instituto Arnaldo Prieto do Rio de Janeiro, Avaliador e Perito Imobiliário e Ambiental pela Unimóveis de Minas Gerais, Certified International Property Specialist pela National Association of Realtors, Personal & Professional Coaching e Certified Executive Coaching pela Sociedade Brasileira de Coaching, Professional Coaching Practitioner pela ABRACOACHING, Assessment Alfa pela Worth Ethic Corporation, sólida carreira marcada em empresas de porte, palestrante, coach. Atualmente é Diretor do Grupo Britto, Conselheiro e Membro da Comissão de Ética e Fiscalização Profissional do CRECI/MG, Consultor e Professor em instituições de ensino superior, Agente de Propriedade Industrial do INPI, Membro e Professor da CMI/SECOVI-MG e SINDUSCON-MG, Membro do Comitê Brasileiro e Organismo de Normalização Setorial da ABNT (Construção Civil, Informação e Documentação), Membro da International Coach Federation. Foi agraciado pelo Centro Nacional de Formação Superior Ibero-Americano e pela Academia de Letras do Brasil com o Grau Honorífico de Catedrático em Avaliação e Perícia de Imóveis e também Tópicos Especiais de Engenharia. Ministra cursos nas áreas de gestão empresarial, construção civil, engenharia, avaliação e perícia imobiliária e ambiental, real estate e coaching.